• Atendimento

    (62) 3219-4300
  • Horário de Atendimento

    09:00h às 17:00h

CRF-GO elabora protocolo de segurança para farmácia hospitalar

O CRF-GO, em parceria com a Superintendência Regional do Trabalho de Goiás (SRTE-GO), participou da 1ª Capacitação Multidisciplinar de Saúde e Segurança do Trabalho para Gestores e Profissionais da Saúde. O evento aconteceu durante todo o dia 1º de outubro, terça-feira, no Hospital Estadual Geral de Goiânia - Dr. Alberto Rassi (HGG).

Com o intuito de fomentar o desenvolvimento de boas práticas em saúde e expor modelos exitosos de gestão de segurança do trabalho, o programa foi direcionado a gestores, diretores e responsáveis técnicos da área de segurança do trabalho de 46 unidades de saúde do Estado. As capacitações foram ministradas por auditores fiscais e especialistas em saúde. 

O evento foi idealizado pela Delegacia Regional do Trabalho de Goiás (DRT-GO), sob coordenação da auditora do trabalho Jacqueline Carrijo, e faz parte de um programa de adequação de serviços e protocolos dos hospitais de Goiás. No que tange às farmácias hospitalares, foram selecionados itens que precisam de adequação às legislações vigentes, como dispensação de medicamentos, gerenciamento de resíduos e segurança das instalações. 

Representando o CRF-GO, participaram do evento a presidente e o membro da Comissão de Ética Profissional e Disciplinar, Mirtes Bezerra e Fábio Rogério Cunha, e a farmacêutica fiscal Rejany Machado. 

Protocolo para farmácia hospitalar
Segundo Rejany Machado, que faz parte da equipe que acompanha o trabalho da auditoria, o projeto é piloto e inédito no país, pois apresenta um plano de ação fiscal elaborado pelo CRF-GO e focado na segurança do trabalho dentro da realidade da farmácia hospitalar. 

Quanto às capacitações ministradas, a farmacêutica acrescenta que elas têm o objetivo de instruir os representantes dos órgãos de saúde. No entanto, ao mesmo tempo em que receberam qualificação, também foram notificados a cumprirem um prazo de implantação das normas apresentadas, como a padronização do Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC), Prontuário das Instalações Elétricas (PIE) e um roteiro de protocolo básico em farmácia hospitalar, elaborado e apresentado por Rejany. 

Com foco na qualidade do serviço prestado em farmácias hospitalares, Rejany explica que o protocolo irá atuar na segurança do trabalho e prevê a garantia de condições adequadas de temperatura, registros, higiene, dispensação e validade de medicamentos. Também irá funcionar como indicador para avaliar ações preventivas e corretivas dentro dos estabelecimentos. “Por meio do documento, a auditora irá solicitar ações fiscais nessas instituições participantes”, pontua Rejany.

Exposições
Mirtes Bezerra ministrou a capacitação sobre gerenciamento de resíduos e abordou desde a elaboração até a implantação. “Essa é uma iniciativa pioneira e de extrema importância da DRT, pois ao mesmo tempo em que é exigido das instituições de saúde o cumprimento da lei, estão sendo oferecidas capacitações para que possam interpretar e aplicar as legislações nas unidades”, salienta. 

Posteriormente ao evento haverá um prazo para que os gestores comecem a implantar as normas de segurança do trabalho em suas respectivas instituições. Segundo Mirtes, as capacitações terão reflexo no serviço prestado ao usuário, mas principalmente na segurança do trabalhador. Ela também ressalta que a participação do Conselho é de salutar importância, pois demonstra que o profissional farmacêutico está de ponta a ponta nos serviços de saúde. 

“O projeto vem de encontro à atual gestão do CRF, que tem divulgado aquilo que de fato acontece na prática: o farmacêutico faz bem em qualquer lugar que estiver. Seja na farmácia ou como membro do grupo gestor de gerenciamento de resisudos, ele tem competência e o CRF tem investido em capacitação”, apresenta Mirtes.  

Já Fábio Rogério expôs um modelo de gestão de segurança do trabalho e qualidade da farmácia hospitalar. Sua apresentação foi focada na garantia da estabilidade do medicamento, da farmácia abastecida e critérios de saúde mental para os profissionais da equipe multidisciplinar. 

O evento é uma realização do Ministério da Economia, Secretaria Especial da Previdência e Trabalho, Subsecretaria de Inspeção do Trabalho, Superintendia Regional do Trabalho em Goiás, Setor de Saúde e Segurança do Trabalhador e coordenação da Auditoria do Trabalho do Setor de Saúde. 
 

Adicionar um comentário

Nome*
Telefone*
Email*
Comentário
 
CRF-GO | FALE COM A PRESIDENTE