Farmacêuticos são alvo de golpe

O CRF-GO faz um alerta! Um novo golpe circula na praça e tem como alvo farmacêuticos. Por isso, atenção às ofertas de emprego que condicionam a vaga ao pagamento de cursos ou pendências jurídicas.

 

Ao menos três farmacêuticas já foram vítimas do golpe que oferece o cargo de farmacêutico plantonista no Hospital Ruy Azeredo, mas condiciona a vaga ao pagamento de cursos. Pelo que o CRF apurou, o golpista entra em contato por whatsapp, se apresenta como Jonas Goulart e se identifica como diretor de Recursos Humanos (RH) do hospital. Ele oferece a oportunidade de vaga, mas diz que o farmacêutico precisa ter a habilitação NR6 e a NR32, de 40 horas cada. Na sequência, oferece a venda dos cursos com certificado antecipado, caso o farmacêutico “não esteja em dia” com a exigência ao cargo. O pagamento dos cursos é feito por pix à conta de Anderson Junio Lira dos Santos.

 

O CRF entrou em contato com o hospital, que confirmou que está recebendo inúmeras ligações de farmacêuticos interessados na vaga. Segundo o diretor administrativo do Hospital Ruy Azeredo, Thiago Monteiro, três farmacêuticas compareceram à unidade de saúde com os documentos solicitados pelo golpista para assumirem o cargo. O hospital já registrou boletim de ocorrência e também divulgará o golpe em suas redes sociais.

 

Importante ainda alertar que outros hospitais podem ser usados para a tentativa de golpe e que profissionais de outras áreas também estão sendo alvos. Por isso, compartilhe essa informação com o máximo de pessoas possível!

Adicionar um comentário

Nome*
Telefone*
Email*
Comentário
 
CRF-GO | FALE COM A PRESIDENTE

Atendimento

Apenas agendamento